É impossível não observar o mundo contemporâneo com todas as suas exigências relativas ao mercado de trabalho e não projetar isso no futuro de um filho. Todo pai busca para a sua criança uma vida melhor e cheia de oportunidades e, para isso, fará de tudo para que ele tenha uma educação de qualidade, que o coloque entre os melhores.

Com a globalização e a internet, cresce a necessidade do uso do inglês no trabalho e na comunicação. Especialistas apontam que, quanto mais cedo uma criança é apresentada a outro idioma, mais facilidades ela terá para alcançar sucesso em sua vida.

Neste post, vamos mostrar a importância do inglês e como uma escola bilíngue de qualidade pode ampliar as oportunidades de uma criança.

Exigência de mercado

O inglês é a língua estrangeira mais exigida pelo mercado de trabalho. Quem ainda não tem domínio da língua precisa “correr atrás do prejuízo” e buscar formas para aprender, de uma maneira rápida e eficiente. Nessa hora fica a sensação de tempo perdido, pois se você tivesse sido apresentado ao inglês ainda na infância, suas chances de sucesso seriam bem maiores. Além disso, uma pessoa que fala inglês tem acesso a uma infinidade de informações, podendo se atualizar com mais qualidade. A base salarial de quem fala inglês é superior a de quem não fala, mesmo entre profissionais da mesma área.



Uma questão de planejamento

Infelizmente, uma mãe não consegue ter total controle sobre a vida de um filho ao ponto de poder garantir que ele tenha um futuro feliz e completo em toda as áreas. No entanto, quando se trata de educação, os pais devem e podem tomar atitudes que possam tornar seu filho um profissional de sucesso. Neste contexto, o planejamento estudantil é uma arma poderosa capaz de facilitar o futuro do seu pequeno. Se você investir em uma escola bilíngue agora, os investimentos relativos a cursinhos de inglês e pré-vestibulares, por exemplo, serão menores no futuro.

Profissional bilíngue como diferencial

Uma pesquisa realizada pela Michael Page, mostrou que a média nacional de diretores e gerentes com domínio do idioma inglês é de apenas 37%. Para o mercado, que precisa de profissionais qualificados, essa notícia é péssima, mas para um profissional bilíngue, essa é uma excelente notícia, pois ele sairá à frente em processos seletivos. Além de ampliar a possibilidade de contratação, saber inglês também amplia o horizonte cultural.  



Escola bilíngue

No entanto, torna-se necessário investir em uma escola que realmente seja capaz de agregar valor à educação do seu filho. A linha pedagógica da instituição deve estar baseada em um ensino que estimule o crescimento cultural e linguístico.