Você pode estar pensando: será que passar o dia inteiro na escola é bom para o meu filho? Afinal, além das disciplinas convencionais, as crianças precisam de atividades esportivas, brincar, fazer o dever de casa e ter um momento com a família.

E com a escola integral, isso é possível? A resposta é sim! São inúmeras as vantagens para pais e alunos, contribuindo tanto para o desenvolvimento das crianças quanto para o bem-estar das famílias.

Além disso, mais horas convivendo na escola proporcionam melhorias na qualidade da educação, possibilitando a formação de cidadãos multiculturais, criativos e mais capacitados a contribuírem com o desenvolvimento da sociedade.

A modalidade ainda não está tão difundida no Brasil, mas começa a ganhar força e ser valorizada pelos pais que buscam por uma educação completa e de qualidade para os seus filhos. Muitas escolas brasileiras, inclusive, já oferecem cursos em período integral, atendendo crianças a partir do berçário.

Veja aqui quais são os principais desafios e vantagens para a criança e família que optam pela escola integral.

Maior acesso a lazer, cultura e tecnologia

Mais tempo na escola significa maior acesso ao lazer, cultura e tecnologia. Isso porque, com um projeto pedagógico bem estruturado, as crianças são submetidas a inúmeras atividades que contribuem para a construção do conhecimento infantil, como música, teatro, oficinas de pintura, entre outras.

Afinal, além das atividades em sala de aula, a escola precisa se preocupar em inserir a criança em projetos que estimulem o seu desenvolvimento educacional e cultural.

Educação Integral: conheça os desafios e vantagens para a criança e família

Otimiza o tempo dos pais

Além da escola, parte da educação dos filhos é de responsabilidade dos pais.  Contudo, a alta exigência do mercado de trabalho tem feito com que as famílias atribuíam o papel da educação das crianças às escolas, que acabam atendendo a essa demanda.

Na escola integral, por exemplo, a criança tem orientação pedagógica, atividades esportivas, recreativas, artísticas, ensino de línguas e de hábitos saudáveis, como escovar os dentes, além de participar de passeios a museus, exposições e parques. Dessa forma, os pais podem aproveitar melhor o tempo em família.

Proporciona atividades esportivas
     
As atividades esportivas são essenciais para o desenvolvimento das crianças, mas que, por questões de tempo e logística, podem ser deixadas de lado por muitos pais.  O custo adicional com a matrícula em qualquer modalidade esportiva também é alto. Por isso, a escola integral resolve essa questão.

O leque de possibilidades em relação às atividades esportivas é muito grande em uma escola integral, o que possibilita a criança desenvolver diversas habilidades, como judô, futebol, entre outros.
Além do que, com a prática esportiva, a criança desenvolve não apenas a habilidade física, como também o intelectual e social, como disciplina, cooperação e trabalho em equipe.

Educação Integral: conheça os desafios e vantagens para a criança e família

Disponibiliza orientação nutricional

A falta de tempo dos pais também interfere na alimentação das crianças. Com isso, as comidas rápidas e simples tornam-se recorrentes em detrimento de uma alimentação saudável.
Por isso, o tempo maior de permanência no ambiente escolar também exige das escolas um planejamento específico voltado para a alimentação das crianças, com um cardápio balanceado e que estimule o hábito saudável.

Assim, na escola integral, o cardápio é criado por nutricionistas e contempla os diferentes grupos de alimentos que devem fazer parte da nutrição diária.  Dessa forma, as crianças mantêm uma dieta equilibrada e saudável, que contribui para a sua saúde, bem-estar e desenvolvimento intelectual infantil.

Quer continuar por dentro dos principais assuntos da área de educação?  Então, não deixe de acompanhar o nosso blog!

5 princípios para educar o seu filho com sucesso